A IMPRENSA DA RESISTÊNCIA

DESTAQUE

Ruth Tegon e Marco Antônio Moro

Ruth Tegon e Marco Antônio Moro

Veja mais

CLANDESTINA

Política Operária

Em 1961, um grupo de militantes e intelectuais do Rio de Janeiro, São Paulo e Minas Gerais cria a Organização Revolucionária Marxista e lança o jornal Política Operária. A POLOP, como passou a ser conhecida, diverge do PCB em questões estratégicas, como a defesa do caráter socialista da revolução brasileira.
Após o golpe, o jornal é retomado na clandestinidade como porta-voz do Partido Operário Comunista (POC), que reúne estudantes, militares e lideranças operárias em torno do debate sobre o enfrentamento armado da ditadura. Volta a circular de modo precário no início dos anos 70, quando parte do núcleo original da POLOP se separa do POC e se rearticula no Brasil e no exterior.

Veja todos os jornais: